30 Atividades para Corrigir a Escrita Espelhada

1 – Brinque com a criança de representarem as letras com as mãos e depois com o corpo. O livro “Alfabeto Corporal” de Maria Augusta Sanches Rossini é um ótimo material.

2 – Letras no ar ou letras no corpo: é uma brincadeira de adivinhar. O professor pode desenhar uma letra no ar e as crianças adivinharem qual é ou pegar na mão da criança e fazer o movimento das letras (todos podem fazer os movimentos juntos depois que descobrirem qual é a letra). Ainda pode escrever nas costas da criança a letra e ela ter que adivinhar qual é.

3 – Jogos de orientação espacial: “o meu mestre mandou” … pularem de um pé só; correrem para a direita; levantar o braço esquerdo, etc. “Vivo ou morto” – conceito de em cima e embaixo.

4 – Fazer duplas, pedir que as crianças fiquem uma de frente para a outra e colocar 3 colchonetes entre elas. O objetivo é indicar posições e fazer que a criança perceba, por exemplo que a direita de uma é diferente da direita da outra.

5- Balões ao ar: tentar manter o balão no ar batendo nele com a mão direita, depois só com a mão esquerda e por último alternar as duas mãos.

6 – A criança precisa ter acesso a escrita correta das letras. Às vezes, aqueles alfabetos com as letras trabalhadas em forma de bichos, por exemplo, não são muito adequados. Se possível utilize um alfabeto onde as letras sejam sinalizadas por setas indicando por onde começar a escrita. O mesmo acontece com os números.

7 – A rota das letras: peça para as crianças caminharem sobre letras ou palavras. Desenhe com giz, letras ou palavras bem grandes no chão e peça para que elas imitem o movimento de cada letra, como se estivessem a fazer traçados com o corpo ao caminharem por cima delas.

8 – Quem se lembra do Mister Maker? Tinha um quadro neste programa que as crianças faziam desenhos com o corpo, cada criança representava uma cor. Use a sua criatividade e prepare uma atividade semelhante a esta na quadra da sua escola.

9 – As músicas são excelentes recursos para explorar os deslocamentos e a lateralidade. Brinque com a música cabeça, ombro, joelho e pé. A música chuva vai, cai, cai, também é interessante. Chuva vai (ir para frente), Chuva vem (ir para trás), Chuva miúda não molha ninguém (circular batendo palmas). Cai chuva, cai lá do céu (ir para a direita), Cai chuva, no meu chapéu. (ir para a esquerda).

10 –Sabe aquelas formas para biscoito em forma de letras? Utilize-as para cortar uma gelatina (de diferentes cores) e deixe que a criança manuseie e depois coma as letrinhas.

11 – Proporcione a escrita e o desenho em diferentes texturas, aliás, explorar as texturas é um trabalho incrível, por isso, use e abuse destes recursos: (escrever ou desenhar na areia com as mãos, palitos ou pedras; saco sensorial com gel[1]; escrita com água: as crianças molham o dedo ou uma esponja de lavar a louça e escrevem na lousa sobre uma letra já grafada ou eles mesmos podem grafar a letra; escrever na argila ou massa de modelar, escrever palavras modelando letra por letra ou fazer uma base com as massas e escrever com o dedo ou palito).

12 – Faça um saco surpresa de letras: coloque dentro letras móveis revestidas com diferentes texturas (lixa, tecidos diversos, papel camurça, EVA, plástico, madeira, etc) e peça para a criança adivinhar.

13 – Essa dica é para os pais! O banho pode ser muito mais educativo do que se imagina. Incentive a criança a escrever a letra no box de tomar banho ou no azulejo. Existem muitos produtos interessantíssimos e laváveis para se utilizar no banho como caneta de escrever em azulejo, buchas em formatos de letras e partes do corpo, livros de banho, entre outras coisas.

14 – Use adesivos para colar nas mãos da criança: isso pode incentivar o uso das duas mãos para determinadas atividades, como montar um quebra-cabeça, blocos, etc.

15 – Esta atividade eu gosto muito e as crianças costumam ficar bastante entusiasmadas. Com os olhos vendados peça para a criança reconhecer a posição correta da letra em questão. Exemplo: já com os olhos fechados a criança toca na letra B (certifique-se que a criança tenha feito o reconhecimento da letra adequadamente), depois disso, o desafio é encontrar todas as letras B que estejam na posição correta. Como grau de dificuldade, num nível mais elevado, você pode utilizar as letras com texturas diversas para incrementar.

16 – Você já ouvir falar do currículo handwriting Whithout Tears? Baseia-se no uso de ferramentas e estratégias multissensoriais para a criança aprender a escrita e experimentar a caligrafia de forma mais feliz e eficaz, abordando todos os estilos de aprendizagem. No Brasil, a Terapeuta Ocupacional Fabiana Alencar é referência no assunto e utiliza o currículo hwt no desenvolvimento da escrita de crianças com Síndrome de Down.

17 – Para quem gosta dos recursos eletrônicos como o tablet, o jogo “Alfabeto melado” é muito bom e está disponível gratuitamente[4]. O Jogo “Descobre o ABC” é um APP português, onde a criança aprende a escrever as letras do abecedário. Está disponível em Português de Portugal ou também Português do Brasil. Há duas versões, uma paga e outra gratuita.

18 – Letras embaralhas: misturar as letras para a criança descobrir qual é a palavra e escrevê-la corretamente. Você pode trabalhar com temas. Exemplo: nomes dos colegas da sala. OOÃJ = JOÃO RAMAI = MARIA

19 – Palavra ao contrário: escrever uma palavra de trás para frente e pedir a criança que a reescreva corretamente. Exemplo: SARTEL = LETRAS / ORRAC = CARRO

20 – Palavra oculta: encontrar a palavra escondida e pintar. Exemplo: VBNNGOLKJESSDEEEUIYFOCAÇÇEI

21 – Classificar letras: dê para a criança um saco com letras móveis e peça para que de um lado ela organize as letras retas e do outro lado as letras curvas; assim como as letras simétricas das assimétricas. Invente outras classificações.

22 – Complete: fazer metade da letra e pedir para a criança completar.

23 – Contornar: escrever as palavras com letras mais claras e solicitar que a criança as cubra com uma caneta mais escura.

24 - SIMETRIA E ASSIMETRIA:

* Letras simétricas: A, I, M, H, O, T, U, V, X, W, Y
EX: Fazer metade da letra e deixar que as crianças completem.

* Letras assimétricas: B, C, D, E, F, G, J, K, L, N, P, Q, R, S, Z
EX: Listar as letras em várias posições e pintar a certa.


25 - CAIXA DE TEXTURAS: Dentro da caixa, colocar letras do alfabeto móvel em diferentes tamanhos e texturas para a criança descobrir qual é. Variar com objetos, identificando a sua letra inicial.


Mais Atividades:

- Pegue uma caixa rasa tipo de camisa de gola masculina e coloque areia (clara, fina, peneirada e limpa) rasa de forma que o dedo toque a base. Peça que usando o dedo indicador escreva da mesma maneira que você, letras e números. Fique do lado dele e escreva na caixa e ele faz junto com você.

- Utilize a lousa mágica da mesma maneira.

- Passe tinta num pedaço de vidro temperado e peça que ele também utilizando o indicador faça as letras e números.

- Compre aquelas lixas mais finas de lixar madeira ou parede(que não machuque o dedo) e escreva as letras com giz de cera em tamanho grande, você irá precisar de umas 3 ou 4 lixas. Em cada lixa dá para escrever umas seis letras cursivas ou números. Peça que ele passe o dedo em cima de cada uma 3 vezes contornando no sentido correto. Ao terminar cada uma ele vai escrevendo no papel a letra que acabou de contornar.

- Quando ensinar a letra vá associando com algo conhecido ou engraçado. Por exemplo quando fizer o v diga “começa pelo bico desce, sobe e faz a asa. O p sobe, desce, sob pelo mesmo lugar e faz a corcunda etc

- Desenhe a letra grande no papel. Com um pedaço de barbante a criança irá colar o barbante na letra no sentido que se escreve. Pode ser jogando glitter.

- Associado a isto compre aqueles livrinhos de atividades tipo caligrafia que vem com as letras para ele cobrir e depois fazer sozinho.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...