21 de set de 2011

A Lei do Professor

Já se perguntou por que alguns professores possuem classes que são cheias de energia e outros professores tem classes tão mortas como um cemitério? Você pode pensar que a diferença é causada pela dificuldade da disciplina, mas isto não é verdade. Um bom professor pode fazer qualquer disciplina tornar-se interessante. Ou então você talvez pode pensar que um professor nasceu com uma personalidade mais atraente do que os outros, mas qualquer professor cristão pode desenvolver uma personalidade mais atrativa, porque ele possui Cristo para o ajudar: “Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece” (Fp. 4:13). Alguns podem pensar que a idade
do professor faz diferença, mas um bom professor, de qualquer idade pode fazer a sua aula interessante não importa a idade dos seus alunos. Idade não é um fator. Então qual é o fator que faz essa diferença ficar tão grande entre os professores? Em primeiro lugar, a diferença está na sua preparação. O professor que prepara a sua lição adequadamente será o professor que atrairá os estudantes para as suas aulas. Então, como um professor pode preparar a sua lição adequadamente?

Existe um pensamento circulando atualmente que um bom professor precisa somente reunir fatos verdadeiros, organizá-los adequadamente e apresentá-los de maneira interessante para estar bem preparado. Isto faz parte da sua preparação, mas há ainda mais duas partes, que são igualmente importantes, e estas partes de sua preparação são freqüentemente negligenciadas. Uma vez que são negligenciadas, a ausência destas partes destruirá à sua aula.

Assim, um professor bem sucedido deve preparar a si mesmo de três maneiras. Ele precisa preparar a sua mente, suas emoções e a sua alma. Um professor que se prepara completamente nestas três áreas se tornará um bom professor e será uma bênção para os alunos de sua classe. Mas um bom professor inicia a sua preparação muito antes que ele ensine a lição. Ele precisa de bastante tempo para se preparar adequadamente. Ele precisa ser capaz de preparar a sua mente e suas emoções em uma semana, porém levará muito mais tempo para vir a preparar a sua alma, do que preparar a sua mente e emoções, e a preparação da sua alma é muito mais séria. Qualquer professor que negligenciar a preparação de sua alma antes dele ensinar, terá uma lição bonita por fora, mas sem resultados espirituais para seus alunos.

As pessoas compreenderam a Cristo porque Ele era um professor completamente preparado. Uma vez ensinou em cima de um barco para que a multidão fosse capaz de vê-Lo e ouvi-lo. Outra vez, ensinou em uma casa tão cheia que quatro homens tiveram que descer um amigo deles pelo telhado da casa para ser curado por Cristo. Em outra ocasião, 5000 homens, sem contar mulheres e crianças, vieram das cidades e seguiram-No por terra costeando o litoral do Mar da Galiléia até um lugar distante onde Ele estava ensinando a Seus discípulos. E um tempo após, 4000 homens permaneceram com Ele por três dias para escutar o que Ele tinha a dizer, mesmo que eles tivessem já comido toda a sua provisão. Ele atraiu grandes multidões todas as vezes que ensinou.

Lucas nos diz que Jesus já estava pronto para ensinar aos doze anos de idade. Com modesta audácia Ele discutiu os negócios do Pai com os judeus doutores da lei no templo de Jerusalém, os quais estavam admirados com a Sua inteligência e respostas. O que preparou Jesus para ensinar com tão pouca idade? A resposta está em Lucas 2:40: Ele “se fortalecia em espírito”, Ele era “cheio de sabedoria” e “a graça de Deus estava sobre ele”. Ninguém pode se tornar um bom professor sem a graça de Deus. Paulo diz: “Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece” (Fp. 4:13), mas Jesus disse: “Sem mim nada podeis fazer” (Jo. 15:5). Cresça em sabedoria, em espírito e na graça de Deus para ser um bom professor.

Um professor tem uma grande responsabilidade: a de fazer com que seus alunos aprendam, mas esta responsabilidade não é totalmente dele. O professor e o aluno devem trabalhar juntos para que o aprendizado aconteça. O professor pode fazer com que seus alunos aprendam facilmente, quando segue às sete leis que governam o seu trabalho. Mas duas destas leis dependem exclusivamente da cooperação dos alunos. São elas as leis #2 e #6, as quais fazem parte da atenção do aluno e aplicação na sua vida. O aluno precisa disciplinar-se para dar uma atenção cuidadosa à lição que seu professor está dando, bem como aplicá-la à sua vida. O professor pode ajudar o aluno a ficar atento, fazendo com que a sua lição se torne interessante. Ele pode também ajudar o aluno a aplicar a lição sugerindo-lhe mudanças que precisa fazer para fazê-lo mais semelhante a Cristo. Concluindo, o professor e os alunos devem manter uma mútua cooperação se vão obter sucesso no aprendizado dentro da sala de aula.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...